A saúde mental deve ser cuidada sem preconceitos


A saúde mental deve ser cuidada sem preconceitos. É importante estar em harmonia consigo mesmo. Ainda se vê muito preconceito e falta de informação sobre cuidados mentais. O que seria mesmo isso? E o que cada um pode fazer para estimular os cuidados mentais?

Emoções, sentimentos e comportamentos fazem parte do ser humano, em todas as fases da vida. Como diz Roberto Carlos em sua música, “Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi”.

É importante que cuidemos da saúde mental, assim como da saúde física e espiritual. Essa é uma tríade fundamental para o bem-estar do ser humano. Buscar o equilíbrio para viver uma vida plena se sentindo bem consigo mesmo, encontrando o próprio bem-estar.

Um conjunto de fatores pode contribuir para se alcançar uma boa saúde mental, como por exemplo, relacionamentos de qualidade, trabalhar o autoconhecimento, e fazer boas escolhas para sua vida. Respeitar os próprios limites e os limites do outro. Buscar definir o propósito de vida e o legado que gostaria de deixar. Reflexões que devem ser feitas e trabalhadas.

A psicoterapia poderá ajudar as pessoas a lidar melhor com seus potenciais, suas habilidades e suas limitações. Poderá ajudar o indivíduo a se tornar a melhor versão de si mesmo e, consequentemente, estando bem consigo mesmo, estará interagindo e convivendo muito melhor com as outras pessoas, encontrando, assim, o próprio bem-estar.

“O segredo da saúde mental e corporal está em não lamentar o passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas viver sábia e seriamente o presente” (Buda).

Posts Relacionados

Ver tudo