Apenas se cuidando será possível estar "inteiro" para cuidar do outro




Passando hoje para falar um pouquinho de algo que estou sempre falando por aqui, que é a importância de quem cuida de alguém e esteja cuidado também. É difícil sim, mas só se cuidando será realmente possível estar “inteiro” para cuidar do outro.


É fundamental manter o olhar para a necessidade de estar bem para cuidar bem, caso contrário acabamos desenvolvendo o que os psicólogos chamam de codependência, que é uma patologia associada ao esquecimento de si mesmo. Lembrando que a saúde não é só ausência de doença.


Saúde é ter um lar com conforto, sono de qualidade, bem-estar biopsicossocial, enfim estar saudável é muito mais amplo do que parece. Nós seres humanos temos muitas necessidades que devem ser observadas e atendidas o máximo possível para que possamos estar e nos sentir bem.


Quando se trata do cuidado com o idoso devemos ter em mente que a velhice não se resolve, mas sim se vive. Somos seres finitos, porém somos também resilientes, com possibilidades de realizar desejos e vivenciar sonhos. Então é importante que dê atenção as necessidades desse idoso e busque fazer o melhor por ele, quando nos propomos a fazer o melhor, o melhor é feito. Então se cuide, esteja nutrido de boas energias e assim poderá cuidar e levar essas boas energias e o bem-estar ao outro e também sentir o bem-estar consigo. Esteja atento e procure montar suas estratégias para conseguir o maior êxito na sua empreitada.


Algumas questões para planejar o seu bem-estar, faça momentos de pausa.


- O que gosto de fazer?
- O que me deixa bem?
- Como estou me sentindo?

Se observe, se escute, busque fazer o que te deixa bem, isso ajudará você a cuidar bem. Respeite os seus limites e estará respeitando também o outro. Experimente! Você merece e deve estar bem.


  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

© 2018 por Marli Borges. Criado por G7 PRODUÇÕES.