A importância de fazer um check up mental

Nesse mês, estamos na campanha chamada Janeiro branco que é uma campanha dos psicólogos de todo o Brasil para divulgar e trazer a consciência das pessoas para a importância do cuidado com a saúde mental. “Quem cuida da mente, cuida da vida”.




Aproveito, assim, para trazer um conteúdo para refletirmos sobre o que está ao nosso alcance para mantermos uma saúde plena. Além do check up da saúde física que é mais conhecida, é muito importante que se faça, também, um check up da saúde mental. Nós somos um todo “Cabeça, tronco e membros”, não estamos separados e a SAÚDE da pessoa não está só na ausência de doença no físico ou na mente. A nossa saúde vai muito mais além da saúde física, pois devemos observar e procurar manter bem a nossa saúde física, mental, social e espiritual. É buscar manter o equilíbrio para sermos uma pessoa realmente saudável. Não é fácil, mas é possível.


Vamos, primeiramente, pensar na saúde Mental, que é o foco da campanha janeiro branco. Há a necessidade e importância dessa campanha para trazer a consciência e quebrar preconceitos dessa parte tão importante da nossa saúde como um todo. Observe que a saúde mental é quando diferente da saúde emocional. A saúde mental é quando aprendemos a estabelecer pausas, a fazer um relaxamento, respeitar os momentos de descanso. Ter um sono de qualidade, manter uma rotina do sono, buscar atender o ciclo circadiano.


Fazer algo prazeroso que seja capaz de proporcionar o descanso mental, como por exemplo: meditar, colorir, fazer crochê, bordar, ou seja, fazer algo que te deixe bem, todos nós podemos escolher o que nos faz bem. Essas são algumas “coisas” que podemos pensar para cultivar a saúde mental.

A saúde emocional é o cuidado com as nossas emoções, é reconhecer o que sente, aceitar que está tudo bem sentir o que sente. Muitas vezes precisamos expressar o que sentimos, pois somos seres humanos e somente entendendo o que sentes é que poderá melhorar algo que não está bem. Outra coisa importante, é reconhecer que você está ansioso por algo, mas isso não te rotula ser uma pessoa ansiosa, devemos fazer essa verificação dos nossos momentos de vida. Estou ou Sou ansioso? Procurar conhecer, entender nossas emoções e assim, ser possível gerenciá-las da melhor forma, aprimorando a inteligência emocional e então obtendo a saúde emocional.


A saúde social ou relacional é buscar manter conexões com pessoas que te fazem bem. Converse com pessoas que você aprenda com elas, que te acrescentem. Observe se não está se isolando. Somos seres relacionais, ou seja, a interação com o outro é muito importante para nossa saúde como um todo.

Falando um pouco da saúde física, Lembrando que já é do conhecimento de todos que nosso corpo, a máquina, foi feita para se movimentar, pois é nos movimentando que evitamos dores no corpo, por exemplo. Então, devemos ter uma rotina diária de atividades físicas. Descubra o que você gosta de fazer, academia, hidroginástica, caminhada, dança, enfim, que seja uma coisa prazerosa ou que pelo menos você tolere fazer sem o peso só da obrigação. Procure manter uma constância nas suas atividades físicas, pois assim evitará o deixar para depois e acabar não fazendo. A alimentação saudável também é reconhecidamente fundamental. Verifique o que está comendo, fique presente no momento que está se alimentando, tendo atenção no que está ingerindo e beba água.


Devemos nos cuidar para termos condições para cuidar do outro. Para que possamos servir bem devemos estar inteiros para o outro, com atenção, escuta, paciência, levando, compartilhando o bem-estar que está em nós e assim teremos condições de proporcionar qualidade de vida ao outro, a qualidade que está em nós. É fundamental alinhar todos as nossas necessidades para que possamos manter a saúde plena que precisamos.


Posts Relacionados

Ver tudo