Mãe é um ser humano em construção

11 May 2019

 



Pensei em escrever algo sobre Mães, mas senti um pouco de dificuldade, pois me veio muitas coisas à mente. Lembranças, sentimentos, saudades... enfim, muitas emoções. Antes de mais nada, gostaria de lembrar que Mães são seres humanos em construção, ou seja, acertam, erram, aprendem, ensinam.

Ser mãe muitas vezes assusta, mas percebo que assim como o medo é algo forte, o amor, a força, a coragem, a realização em ser mãe é um sentimento único e incomparável. Não estou dizendo que toda mulher tem ou deve ser mãe, essa é uma escolha, uma decisão única. O importante é decidir o que quer para sua vida e ficar bem com sua decisão, isso sim é fundamental.

Falar sobre Mães me faz pensar na minha relação com a minha Mãe e eu enquanto Mãe. Penso que grande parte das Mães só querem acertar e se dedicam a isso, mas não existe escolas para ensiná-las. Existem sim, muitos palpites, conselhos, teorias, mas que no meio do caminho surgem imprevistos, variáveis e que às vezes só a intuição poderá ajudar. Outras mulheres não se sentem realmente “prontas” para ser mãe, mas a grande maioria aceita o desafio de “criar gente”. Acredito que quando a pessoa decide fazer o seu melhor, o Melhor é feito.

Quando pequena pensava que era difícil ser filha, mas também achava que ser mãe deveria ser difícil. Sou muito grata a minha mãe e a amo muito. Hoje, principalmente, percebo que ela fez o melhor que pode com o melhor que tinha. Cumpriu sua missão com honra. Minha mãe está viva, mas está ausente, não consigo saber o que ela sente, o que ela quer. Isso me entristece profundamente. Ela está lá, consigo vê-la e tocá-la, mas não consigo senti-la de fato. Gostaria que ela me sentisse. Quero transmiti-la um bem-estar, tento sempre, não desisto, mas sinto muitas saudades. Tomara que eu consiga que se sinta melhor. Ela está aqui e peço a Deus que esteja bem e que eu possa de alguma forma ser instrumento para lhe proporcionar isso.

Como Mãe, quando tento fazer um balanço, percebo que errei, que acertei, o natural. Me esforcei. Queria muito fazer tudo certo, mas sei que fiz o meu melhor. Pelo feedback dos meus filhos e pelas pessoas que se transformaram, sinto que fui guardiã e percebo que mais acertei do que errei. Espero ter o merecimento de continuar recebendo e dando amor que tenho deles e para eles. Sou muito grata e abençoada por minha Mãe que tenho, pela Mãe que pude e que posso ser, e pelos presentes preciosos/Filhos que Deus me confiou.

Gratidão e Parabéns a todas as Mães do Planeta. Que Deus e as boas energias esteja com as Mães!

 

 

Share on Facebook
Please reload

Please reload

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

© 2018 por Marli Borges. Criado por G7 PRODUÇÕES.