11 dicas de alimentação para o bem-estar mental do idoso


Uma alimentação saudável é importante em qualquer idade para o ser humano e tem influência no bem-estar físico, mental, no equilíbrio emocional, na prevenção e no tratamento de doenças. Com o passar dos anos, ocorrem naturalmente algumas mudanças no organismo das pessoas, que muitas vezes demoram para serem percebidas e que podem interferir na sua alimentação.

Para o idoso, se torna ainda mais importante uma adequada alimentação, de forma a lhe permitir receber todos os nutrientes necessários e que seja uma alimentação saborosa e equilibrada. Isso engloba muitas coisas, inclusive horários e combinações de alimentos.

Como comentei no início, a alimentação contribui de forma importante para o bem-estar físico e mental. E assim, trago aqui algumas dicas de especialistas da área de nutrição para manter uma alimentação saudável para o idoso: 1) Três refeições ao dia (café da manhã, almoço e jantar), se necessário com pequenos lanches nos intervalos. 2) Refeições em horários semelhantes diariamente. 3) Preferencialmente, utilizar grãos integrais e alimentos na sua forma natural. 4) Incluir frutas, legumes e verduras em todas as refeições. 5) Almoço e jantar contendo feijão e arroz. Variar os tipos de feijão. 6) Variar o cardápio com carnes, aves, peixes, ovos, leite e derivados. 7) Moderação no uso de óleos, gorduras, açúcar e sal no preparo dos alimentos. 8) Beber água, mesmo sem sede, de preferência nos intervalos das refeições. 9) Evitar bebidas açucaradas (refrigerantes, sucos, café e chás e industrializados, como biscoitos recheados, bolos, salgadinhos, embutidos). 10) Atenção aos rótulos dos produtos e às informações nutricionais. 11) Sempre que possível fazer as refeições em companhia de familiar ou de pessoa de confiança do idoso, em lugar que seja agradável e tranquilo.

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

© 2018 por Marli Borges. Criado por G7 PRODUÇÕES.